Ceará

Policiais federais invadem prédio de jornalista no CE; revista se solidariza

A Revista NORDESTE prestou imediata solidariedade ao multimidia Donizete Arruda por ter sido alvo de intimidação e agressividade por parte de agentes da Polícia Federal que, segundo o comunicador, não tinham mandado, estavam com carro e roupas descaracterizadas e agiram com truculência.
– Estamos solidários ao aguerrido e responsável jornalista Donizete Arruda, um dos melhores quadros no exercício profissional do jornalismo a partir do Ceará – declarou o Publisher Walter Santos.

 

Conforme reportagem assinada por Geovanna Bispo, dois policiais federais invadiram, na última segunda-feira (11), prédio onde o jornalista Donizete Arruda mora, em Fortaleza, no Ceará.

 

Segundo o comunicador, os agentes não tinham mandado, estavam com carro e roupas descaracterizadas e agiram com truculência.

As buscas por Arruda teriam se iniciado em um antigo prédio onde ele morou. Após descobrirem que o jornalista não morava mais lá, eles seguiram para o prédio atual. Porém, ao chegarem, não o encontraram e seguiram para o trabalho de Donizete.

 

Em vídeo, o comunicador diz acreditar que a operação foi patrocinada pela família Ferreira Gomes, a quem ele se refere como “Os donos do Ceará”. Entre aqueles que fazem parte dessa família, está o presidenciável Ciro Gomes (PDT).


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp