Brasil

Pouco tempo e muito conteúdo? “É hora de acionar ‘botão de emergência’ e aprender com os erros”, defende professor

ANDREA BATISTA

 

A 40 dias das provas do Enem, que vão ocorrer em 21 e 28 de novembro, o nervosismo dos estudantes aumenta, principalmente porque muitos percebem que há pouco tempo para os estudos e um volume enorme de conteúdos. Para o professor de ensino médio Rafael Moraes, essa é a hora de apertar o que ele chama de “botão de emergência”. Entre as orientações e técnicas reunidas no livro “Guia do Estrategista Enem”, lançado este ano em parceria com o amigo Ricardo Scholz, o docente destaca a importância de “aprender com os erros”. Aplicando ao Exame Nacional do Ensino Médio, isso significa fazer o maior número possível de provas e simulados, que são disponibilizados pelo Ministério da Educação, pelas escolas e pelos cursinhos.

 

Além da experiência de professor, Rafael Moraes lembra do seu aprendizado pessoal. “Eu já passei por essa situação. Não havia conseguido organizar um horário de estudos; não sabia por qual assunto ou ordem deveria começar e havia constatado que não tinha tempo de estudar nem a metade dos assuntos que estavam listados. Estava desesperado! Foi aí que eu recorri ao ‘botão de emergência’ que eu acho que muitos estudantes já apertaram: realizar provas anteriores. E para a minha surpresa, foi a estratégia mais eficiente que eu poderia ter encontrado”, contou.

 

Para o professor, o ideal é que o estudante tenha uma rotina de esforço e dedicação, mas ele sabe que isso não acontece com todos. Essa falta de norte dos estudantes também foi considerada por Moraes e Scholz ao escreverem o livro que é um roteiro completo para o Enem, incluindo a escolha do material e do método de estudo e a adoção de comportamentos e ações que podem ajudar no aprendizado, como os cuidados com alimentação, uma rotina de exercícios físicos e o investimento no sono. O livro contempla todas as fases de preparação, alcançando estudantes do início à etapa final, que é o exame.

 

Como surgiu o guia

Rafael Moraes é professor do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), faz palestras e auxilia estudantes gratuitamente para que melhorem suas técnicas e hábitos de estudo. Ricardo Scholz tem uma bem-sucedida experiência em concursos públicos e é servidor do Tribunal Regional do Trabalho da Sexta Região (TRT6/PE). Em suas conversas, eles  relatavam as dificuldades dos estudantes para conseguir aprovação em provas e concursos. Então, uniram a experiência da docência de um com a de concurseiro do outro, e construíram o “Guia do Estrategista Enem”.

 

O livro também explica como funciona a pontuação do Enem e oferece modelos de tabelas para os estudantes acompanharem seu desempenho e planejarem seus ciclos de estudo com mais eficácia. Por último, traz dicas para o dia da prova, desde as mais gerais (como chegar cedo), até as mais específicas (sobre como escolher as questões a serem respondidas primeiro, como se beneficiar com as ‘técnicas de chute’ e como escrever a redação estrategicamente, por exemplo). Os autores disponibilizam gratuitamente no site guiadoestrategista.com.br planilhas de acompanhamento e simulados.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp