Piauí

PP, de Ciro Nogueira, entra na Justiça Eleitoral no Piauí para impedir imagem de candidatos com Bolsonaro

Nas imagens divulgadas pelo Whatsapp, o pré-candidato ao governo do estado do Piauí Silvio Mendes (União), que é apoiado pela sigla, aparece ao lado de Jair Bolsonaro

 

 

247 – O diretório estadual do Progressistas, partido presidido pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, acionou o Tribunal Eleitoral do Piauí (TRE-PI) para tentar proibir a circulação de imagens dos seus candidatos ao lado de Jair Bolsonaro (PL). Na ação, a sigla alega ser fake news qualquer imagem que vincule os aliados de Nogueira e do presidente da Câmara, Arthur Lira, ao chefe do Executivo. As informações são do jornal O Globo.

 

 

Nas imagens divulgadas pelo Whatsapp, o pré-candidato ao governo do estado do Piauí Silvio Mendes (União), que é apoiado pela sigla, aparece ao lado de Jair Bolsonaro na divulgação de uma agenda.

 

Fontes próximas ao Progressistas afirmam que o material divulgado no Whatsapp é falso, já que não há vínculo oficial entre o partido e Jair Bolsonaro. No entanto, nacionalmente, o partido integra a coligação com o Partido Liberal (PL). Em âmbito estadual, o diretório tenta se desvincular do presidente para não criar uma imagem negativa em cima das candidaturas. Em especial a de Mendes, que já disse, em declarações, que não apoia Bolsonaro.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp