Brasil

Preço da gasolina aumenta mais uma vez mesmo após congelamento do ICMS pelos Estados

Nesta quarta-feira (12), depois de 77 dias sem aumentos, a Petrobras fez ajustes nos seus preços de venda de gasolina e diesel para as distribuidoras. O aumento ocorre mesmo após congelamento do ICMS pelos Estados, feito em novembro de 2021.

 

Segundo os gestores, por conta da falta de uma proposta sustentável para solução, há impasse no Consefaz e entre governadores sobre prorrogação do congelamento do ICMS, que encerra em 31/01/22.

 

Os governadores defendem a capitalização do fundo de equalização dos combustíveis como solução, buscam diálogo com Petrobras e Ministério da Economia para discutir solução sustentável para questão do aumento dos preços dos combustíveis.

 

Segundo a Petrobras, os últimos aumentos ocorreram em 26 de outubro do ano passado. Desde então, o preço cobrado pela Petrobras para a gasolina chegou a ser reduzido em R$ 0,10 litro, em 15 de dezembro. Já o preço do diesel ficou estável.

 

Com a decisão, o preço médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,09 para R$ 3,24 por litro.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp