Internacional

Preço do petróleo dispara e moeda russa derrete

TÓQUIO (Reuters) – O petróleo bruto saltou enquanto o rublo caiu quase 30% para uma mínima recorde nesta segunda-feira, depois que nações ocidentais impuseram novas e duras sanções à Rússia por sua invasão da Ucrânia, incluindo o bloqueio de alguns bancos do sistema global de pagamentos SWIFT.

A demanda por portos seguros impulsionou os títulos junto com o dólar e o iene, enquanto o euro afundou depois que o presidente russo, Vladimir Putin, colocou as forças armadas nucleares em alerta máximo no domingo, o quarto dia do maior ataque a um estado europeu desde a Segunda Guerra Mundial.

O aumento das tensões aumentou os temores de que o fornecimento de petróleo do segundo maior produtor do mundo possa ser interrompido, elevando os futuros de petróleo Brent em US$ 4,21 ou 4,3%, para US$ 102,14. Os contratos futuros de petróleo bruto do West Texas Intermediate (WTI) subiram US$ 4,58 ou 5,0%, a US$ 96,17 por barril.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp