Bahia

Presidente Jair Bolsonaro sobrevoa cidades atingidas por temporal na Bahia

Ele desembarcou no aeroporto de Porto Seguro, no sul do estado, e seguiu de helicóptero para sobrevoar a região.

 

O presidente Jair Bolsonaro chegou à Bahia por volta das 9h50 deste domingo (12) para visitar cidades atingidas por temporal. Ele desembarcou no aeroporto de Porto Seguro, no sul do estado, e seguiu de helicóptero para sobrevoar a região.

Os ministros da Cidadania, João Roma, e do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, também acompanham Jair Bolsonaro na visita à Bahia.

Também integram a comitiva o General Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional, e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Após sobrevoar a região, Bolsonaro aterrissou em um estádio de futebol no município de Itamaraju. Ele foi recebido por uma multidão, que se aglomerou ao redor dele, enquanto gritava “mito”. Tanto o presidente, quanto a maioria das pessoas, não faziam uso de máscara contra a Covid-19.

Em seguida, o presidente subiu em um carro, acompanhado da comitiva, e percorreu as ruas do município. Muitas pessoas se aglomeraram e seguiram Bolsonaro pelo local.

Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) anunciou que vai liberar R$ 5,8 milhões aos municípios atingidos pelas fortes chuvas na Bahia. As portarias serão publicadas na segunda-feira (13) no “Diário Oficial da União”.

Os municípios baianos que tiveram o reconhecimento da situação de emergência foram: Anagé, Camacan, Canavieiras, Guaratinga, Ibicuí, Itabela, Itacaré, Itamaraju, Itapetinga, Jiquiriçá, Jucuruçu, Marcionílio Souza, Mascote, Medeiros Neto, Santanópolis, Teixeira de Freitas e Vereda.

Cerca de 80 militares do Corpo de Bombeiros, além de 37 alunos e instrutores de cursos de salvamento, atuam no resgates de vítimas e no apoio às comunidades. De acordo com o governo da Bahia, comida, água, medicamentos e outros itens são levados de forma prioritária para os moradores de 13 cidades.

 

FGTS

Caixa Econômica Federal (CEF) vai liberar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade nas regiões da Bahia e Minas Gerais atingidas pelas enchentes. A informação foi divulgada no sábado (11).

De acordo com a Caixa, os valores serão disponibilizados para saque após decretos municipais que declaram o estado de calamidade e reconhecimento do Ministério do Desenvolvimento Regional, por meio de portaria.

Segundo informações da Caixa, o banco também vai auxiliar as autoridades locais para agilizar a solicitação do reconhecimento do estado de calamidade.

Após a formalização do estado de calamidade, ainda segundo a Caixa, a população poderá realizar o saque do FGTS de forma digital, sem necessidade de ir a uma agência, por meio do aplicativo FGTS, na opção Saque Digital.

 

Desabrigados

Quase 70 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas no sul e extremo sul da Bahia. Segundo o Corpo de Bombeiros, 3.744 estão desabrigadas por causa do temporal que atinge o estado desde a primeira semana de dezembro.

De acordo com informações da Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), 30 cidades estão em situação de emergência. Vilarejos e povoados da região ficaram ilhados por causa da chuva, o que dificulta o acesso dos bombeiros.

Município de Macarani, no sudoeste da Bahia, decreta situação de emergência após fortes chuvas — Foto: Redes sociais

Neste domingo (12), cerca de 241 militares do corpo de bombeiros e 2 helicópteros atuam nos resgates de vítimas e no apoio às comunidades afetadas. Em Amargosa, uma casa foi soterrada na zona rural e a família está desaparecida.

Ainda neste domingo, o governador do estado, Rui Costa, visita as cidades de Porto Seguro, Prado, Teixeira de Freitas, Jucuruçu e Itamaraju, que foram fortemente afetadas pelo temporal.

 

*g1ba

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp