Maranhão

PRF registra apreensão de mais de mil metros cúbicos de madeira ilegal no Maranhão em 2022

Entre janeiro do ano passado e o mês de maio deste ano, cerca de 8 mil metros cúbicos (m³) foram interceptados.

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a apreensão de, pelo menos, 8 mil metros cúbicos (m³) de madeira ilegal em todo o Maranhão, entre janeiro do ano passado e o mês de maio deste ano. As interceptações têm sido realizadas, principalmente, em abordagens nos trechos das rodovias do estado.

De acordo com informações dos dados oficiais do órgão, o maior número de apreensões de madeira ilegal têm sido realizadas na Região Tocantina, em trecho que compreende os postos da PRF dos municípios de Porto Franco, Imperatriz e Açailândia. Só em 2022, quase 2 mil metros cúbicos de madeira ilegal interceptados no Maranhão.

A carga de madeira, transportada em veículos de médio e grande porte, não apresentam a documentação necessária, nem o destino para o qual a finalidade da madeira será utilizada. A ação, na porção tocantina do estado, também visa proteger a extração de madeiras em áreas de proteção indígena.

Nos dias 24 e 25 de maio, uma operação da Polícia Federal (PF), junto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) denominada ‘Nemestrino’ realizou uma grande fiscalização dentro da Terra Indígena Arariboia, no Maranhão. Áreas de extração ilegal de madeiras foram rastreadas no local.

g1ma


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp