BRASIL

Quaest: 51% dos eleitores de Bolsonaro concordam com críticas de Lula ao Banco Central

Pesquisa mostra que 87% dos brasileiros acreditam que os juros estão muito altos no Brasil


247 – A última pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira (10) revela que 51% dos eleitores de Jair Bolsonaro (PL) em 2022 concordam com as críticas que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) faz ao Banco Central. Entre os eleitores de Lula, 77% concordam com as críticas, 16% não concordam e 8% não souberam responder. Sem o recorte eleitoral, 66% dos brasileiros concordam com as críticas do presidente ao órgão monetário.

 

 

O levantamento também mostrou que a maioria dos brasileiros concorda com as opiniões do presidente sobre temas em evidência nos últimos meses. 87% dos brasileiros acreditam que os juros estão muito altos no país, o que também é a principal crítica do presidente à gestão do presidente do BC, Roberto Campos Neto.

 

Os brasileiros também apoiam a política de valorização do salário mínimo adotada pelo governo Lula: 90% concordam que o salário deve ser reajustado todo o ano acima da inflação. Sobre a isenção de impostos sobre carnes para a população pobre, política defendida por Lula, 84% concordam com a iniciativa.

 

Recentemente, o presidente também defendeu a realização de um pente fino para tirar irregularidades no Cadastro único. 83% concordam com essa iniciativa. Por fim, 67% concordam com Lula na afirmação de que o governo não deve satisfações ao mercado, e sim aos mais pobres.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp