Nordeste

Recife: mulher que disse ser autista para não usar máscara se desculpa

A bióloga Nathasha Borges usou as redes sociais para se desculpar após se recusar a usar máscara de proteção contra a Covid-19, em um shopping de Recife, com a desculpa de ser autista. Na ocasião, a mulher contou a estratégia nas redes sociais, com a justificativa de que “a lei proíbe o uso” de máscaras em pessoas com autismo.

 

“Eu errei miseravelmente em falar que era autista sem ser. Não há justificativas para pegar um tema tão delicado e depois fazer uma brincadeira de péssimo gosto. Eu quis me beneficiar de uma lei que não se aplica a mim, para não usar a tal máscara”, disse Natasha, no Instagram.

 

Alegando não ser amparada por um dispositivo legal que permita que asmásticos e alérgicos não utilizem a máscara, como no caso de autistas, a bióloga compara a máscara a uma focinheira, usada em cachorros e animais domésticos.

com Metropoles


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp