Pernambuco

Recife registra ato contra o presidente Bolsonaro e a favor da vacina

O ato foi convocado por movimentos sociais, partidos políticos e centrais sindicais. Manifestantes seguem em caminhada pelo Centro da capital pernambucana.

 

Um protesto contra o governo Bolsonaro (sem partido) reuniu diversas pessoas na manhã deste sábado (19), no Centro do Recife. O ato foi convocado por movimentos sociais, partidos políticos e centrais sindicais. Mesmo diante da chuva que cai desde a sexta-feira (18) na capital, os grupos se reuniram na Praça do Derby e, depois, saíram em caminhada pela Avenida Conde da Boa Vista.

A concentração do ato começou às 9h e, por volta das 10h, começou a caminhada. De acordo com os manifestantes, o protesto é também em favor da vida, pedindo vacinação contra a Covid-19 e políticas de erradicação da fome e da pobreza.

O grupo seguiu em fila indiana pela Avenida Conde da Boa Vista, após alguns registros de aglomeração na parte inicial do ato deste sábado (19). Todas as pessoas utilizavam máscara, mesmo com chuva. O ato foi acompanhado por policiais militares.

 

Às 11h, a manifestação chegou até a Ponte Duarte Coelho, onde ocorreram os primeiros ataques da Polícia Militar aos manifestantes no dia 29 de maio. Foi nesse local que o adesivador de táxis Daniel Campelo foi atingido no olho por uma bala de borracha e perdeu a visão dele.

O ato deve ser encerrado com um abraço símbolo indo da Ponte Duarte Coelho até a Ponte Princesa Isabel, onde o arrumador de contêiner Jonas Correia de França foi atingido no olho quando voltava do trabalho. Assim como Daniel, Jonas perdeu a visão do olho depois do ocorrido.

 

 

*G1PE


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp