Nordeste

Rio Grande do Norte: Bolsonaro pede benção a pastores e votos para Rogério Marinho

Um dia depois da demissão de Milton Ribeiro do Ministério da Educação após revelação de um esquema de corrupção em que pastores ligados ao Palácio do Planalto pediam propinas até em barras de ouro para liberação de recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), Jair Bolsonaro (PL) pediu bençãos a um grupo de pastores em ato com forte cunho eleitoral em Parnamirim, no Rio Grande do Norte.

 

Ao final do discurso, com o slogan de sua campanha – Brasil acima de tudo, Deus acima de todos – e um grito de “Ihuuuuuu”, Bolsonaro desafiou o Tribunal Superior Eleitoral ao pedir votos para o ministro de Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, pré-candidato ao governo do estado.

 

“Marinho, vem cá, Marinho, vem cá! Carla Dickson, vem cá! Esses dois aqui me representam no Rio Grande do Norte. Vocês têm uma missão. Vocês vão cumprir essa missão, porque Deus está ao nosso lado”, disse Bolsonaro, olhando para os apoiadores na plateia, antes de se despedir.

com Revista Fórum


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp