Política

Rodrigo Maia sinaliza apoiar pedido de impeachment de Bolsonaro

O presidente da Câmara dos Deputados fez os ataques mais contundentes contra Bolsonaro neste sábado, chamando-o de “covarde” e afirmando que “não podemos mais aceitar um presidente irresponsável que nega o vírus”

247 – O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que ignorou até agora os 59 pedidos de impeachment de Jair Bolsonaro, indicou neste sábado que pode estar mudando de posição. Ele escreveu dois tweets agressivos na tarde deste sábado (9), num deles chamando Bolsonaro de covarde e dizendo que o presidente é o culpado pelo país ter batido a marca de 200 mil pessoas mortas pela doença. Ao falar ao Painel, da Folha de S. Paulo, Maia foi ainda mais assertivo. “Está na hora de todo mundo colocar de forma clara essa indignação”, afirmou. E completou: “Não podemos mais aceitar um ministro que não entende de saúde e um presidente irresponsável que nega o vírus”.

“Todos estamos cansados disso, desse negacionismo e dessa irresponsabilidade. Está na hora de uma reação forte de todos nós, brasileiros, contra a irresponsabilidade do governo”.

Logo depois de suas postagens, Maia foi fortemente cobrado quanto à abertura dos processos de impeachment contra Bolsonaro, mas não respondeu ainda aos questionamentos.

*Brasil 247

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você