Internacional

Rússia torna-se o maior fornecedor de petróleo da China

Grandes descontos ajudaram Moscou a ultrapassar a Arábia Saudita nas exportações para o maior consumidor de petróleo do mundo

 

 

RT – A Rússia se tornou o principal fornecedor de petróleo da China em maio, com exportações subindo 55% em relação ao ano passado, informou a Reuters na segunda-feira, citando dados da Administração Geral de Alfândegas da China.

 

 

De acordo com o relatório, as importações de petróleo russo para a China no mês passado totalizaram quase 8,42 milhões de toneladas, ou 1,98 milhão de barris por dia, incluindo volumes bombeados pelo oleoduto do Oceano Pacífico da Sibéria Oriental (ESPO) e embarques dos portos da Rússia na Europa e no Extremo Oriente. O aumento de 25% em relação a abril permitiu que a Rússia deslocasse a Arábia Saudita para se tornar o maior fornecedor de petróleo da China.

 

A China reduziu suas importações de petróleo saudita para 7,82 milhões de toneladas, ou 1,84 milhão de barris por dia, abaixo dos 2,17 milhões de bpd de abril. A oferta do Brasil caiu 19%, totalizando 2,2 milhões de toneladas. Apesar da persistente queda na demanda relacionada ao Covid-19, as importações gerais de petróleo da China aumentaram quase 12% em maio em relação ao ano anterior, para 10,8 milhões de barris por dia.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp