PERNAMBUCO

Sebrae inicia ciclo de consultorias para apicultores do Sertão do Araripe

Atividades envolvem apoio de campo, imersão, assessoria em marketing digital e de acesso a novos mercados

 

Em 2012, a Pesquisa da Pecuária Municipal do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) elegeu Araripina como a maior produtora de mel do Brasil. As estiagens prolongadas e a falta de infraestrutura de escoamento do produto arrefeceram o setor.  Para reverter esse cenário e aperfeiçoar essa cadeia produtiva, o Sebrae/PE inicia, neste mês de junho, um ciclo de consultorias com 30 apicultores da região.

 

A iniciativa é fruto de um convênio com a Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe). Ao longo de um ano e meio, serão realizadas consultorias presenciais, imersões, assessoria em marketing digital e de acesso a mercados. As atividades são gratuitas.

 

As ações serão desenvolvidas por etapas, sempre envolvendo o mesmo grupo de 30 apicultores. O primeiro passo são as consultorias técnicas de campo, que se iniciam ainda neste mês de junho. Essas atividades envolvem apoio ao manejo dos apiários, preparo do alimento para as abelhas e gestão comercial do empreendimento rural. A assessoria inclui visitas técnicas presenciais às unidades produtivas.

 

Limoeiro do Norte, no Ceará, lidera Apicultura no País

 

O passo seguinte será uma imersão em Limoeiro do Norte, localizada no Ceará, cidade número um na apicultura no Brasil. A ideia da imersão é proporcionar aos apicultores contato com tendências e cases de sucesso que são referência nacional.

 

Logo após, os produtores receberão treinamento e apoio técnico para ingressarem no Google Meu Negócio, plataforma que atua como uma biblioteca de empresas, facilitando a busca de empreendimentos ou serviços em uma determinada área geográfica.

 

Outro momento relevante da consultoria será a participação desses produtores na Agrinordeste, a maior feira de agricultura do Norte e Nordeste, que irá ocorrer no Maranhão. O analista do Sebrae/PE Kerlison Pereira afirma que a expectativa da ação é impulsionar os negócios dessa cadeia com inovação, melhoria na gestão e novas prospecções.

 

“Com ações inovadoras no modelo de gestão desses empreendimentos rurais, esperamos aumentar a produtividade em no mínimo 10%”, explica.

 

Doce mel

 

O casal de apicultores Petrônio Pereira e Evaneide Ribeiro é dono da Fazenda Doce Mel, em Araripina. Juntos, possuem 400 colmeias de abelhas apis mellifera, mais conhecida como italiana, e produzem 12 toneladas de mel ao ano. Já lançaram no mercado dois produtos inovadores: a vela aromatizante de cera de abelha e o pão de mel.

Atualmente, eles comercializam os produtos nos 13 municípios que integram o Consórcio Intermunicipal do Sertão do Araripe Pernambucano (Cisape), que se estendem pelas regiões dos sertões Central, Araripe e São Francisco. Com as consultorias do Sebrae, o apicultor espera alcançar novos mercados.

“Eu espero ampliar a infraestrutura de beneficiamento, adquirindo novos equipamentos. E me tornar um SIE [Serviço de Inspeção Estadual] ou SISBI [Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal], ampliando os mercados”, explica o apicultor. Os sistemas aos quais o senhor Petrônio se refere permitem que o produtor comercialize produtos de origem animal em âmbito estadual e nacional.

 

*Com Assessoria do Sebrae- PE


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp