Pernambuco

Sem apoio para disputar o Senado, Marília Arraes pode deixar o PT

Deputada pernambucana, que lidera a disputa por uma vaga ao Senado, deverá decidir se permanece ou não no PT até o dia 2 de abril

Paulo Emílio, Brasil 247 – <span;>A deputada federal Marília Arraes avalia a possibilidade de deixar o PT e ingressar em outro partido de esquerda, tendo o PSOL como destino mais provável. Outras opções que estão sendo avaliadas seriam o Cidadania e o Solidariedade. Fontes ligadas ao PT em Pernambuco avaliam que a parlamentar não vem recebendo apoio à sua intenção de disputar uma vaga no Senado, apesar de ela aparecer à frente de todos os demais pré-candidatos nas pesquisas eleitorais. Marília deverá decidir se permanece ou não no PT até o dia 2 de abril, quando termina o prazo da janela partidária.

Marília, porém, não confirma que poderá deixar o PT e diz que poderá recompor os laços com o PSB se isso facilitar o apoio à sua candidatura ao Senado e tiver impacto positivo na campanha presidencial de Lula. A movimentação, neste caso, está mais ligada a uma disputa interna.

“Estou disposta a recompor com o PSB. O próprio Danilo Cabral já disse que a candidata seria eu. Com exceção de João Campos [atual prefeito do Recife e primo da parlamentar], todo o PSB prefere que eu seja a candidata apoiada por eles”, disse.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp