Brasil

Senado rejeita MP que retira direitos trabalhistas e facilita demissões durante a pandemia

247 – O Senado rejeitou nesta quarta-feira, 1, a proposta que criava três novos programas, com regras trabalhistas mais flexíveis contra os trabalhadores. Os defensores do projeto alegavam que as medidas serviam para estimular a contratação de jovens.

Foram 47 votos pelo arquivamento da MP, e 27 pela aprovação.

Os programas foram aprovados pela Câmara dos Deputados após uma medida provisória ser enviada pelo governo Jair Bolsonaro em abril. A MP, em questão, tratava de uma nova rodada do programa de redução de jornada e salário ou suspensão de contrato de trabalho durante a pandemia.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp