Brasil

Senador diz que recebeu R$ 50 milhões do orçamento secreto por ter apoiado Rodrigo Pacheco

“O critério que ele colocou para mim foi o critério de eu ter apoiado ele enquanto outros não apoiavam”, disse Marcos do Val (Podemos-ES)

 

247 – O senador Marcos do Val (Podemos-ES) afirmou que recebeu R$ 50 milhões em emendas do orçamento secreto do ano passado por ter apoiado a campanha de Rodrigo Pacheco (PSD-MG) à Presidência do Senado, em fevereiro de 2021. O parlamentar disse ter sido informado da “gratidão” pelo senador Davi Alcolumbre (União Brasil-AP), articulador da eleição do pessedista.

 

 

“O critério que ele colocou para mim foi o critério de eu ter apoiado ele enquanto outros não apoiavam”, disse Marcos do Val em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, publicada nesta quinta-feira (7).

O parlamentar negou ter dado apoio ao atual presidente do Senado em troca de votos, mas, de acordo com Marcos do Val, houve um acordo para enviar dinheiro aos senadores que estiveram ao lado de Pacheco na campanha.

“O Rodrigo Pacheco virou e falou para mim assim: ‘Olha, Marcos, nós vamos fazer o seguinte: os líderes vão receber tanto, os líderes de bancada tanto, essa foi a nossa divisão’. E ele me passou isso porque eu fui um dos que ajudei ele a ser eleito presidente do Senado. E aí eu falei: ‘Pô, legal, está transparente e tal’. Aí, ele falou: ‘Olha, se a gente conseguir mais uma gordura, eu direciono para você’. Não foi uma coisa: ‘Mas eu preciso que você me apoie'”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp