Maranhão

Senadores do Maranhão votarão contra o Impeachment

Depois do afastamento de Dilma ser aprovado na Câmara Federal, o processo segue para o Senado. Agora começa a corrida pelos votos dos senadores e segundo João Alberto (PMDB) e os três senadores do Maranhão prometem votar contra.

A informação foi repassada pelo próprio João Alberto que declarou ser contrário ao processo de impeachment, inclusive seu filho, deputado federal João Marcelo (PMDB), votou não. O “Carcará” disse que os demais senadores maranhenses devem seguir a mesma posição. Porém, isso ainda não pode ser dado como fato consumado, já que encerrado o processo de articulação na Câmara, começa no Senado.

A governadora Roseana Sarney mais uma vez será peça importante neste jogo de xadrez, principalmente para pressionar o senador Edson Lobão (PMDB) a votar a favor do impeachment. Lobão ficou chateado com a presidente Dilma quando foi retirado do Ministério das Minas e Energia com a promessa de substituir Sarney na Presidência do Senado, o que não ocorreu.

Roberto Rocha (PSB) não cansa de dizer que é amigo do senador Aécio Neves (PSDB), inclusive apoiou o tucano nas últimas eleições presidências, mas para se tornar o centro das atenções nas próximas semanas, deve fazer jogo duro para declarar seu voto e barganhar “favores” em troca. Além disso, a sua tentativa de se lançar candidato ao Governo do Estado em 2018 seria facilitada com Michel Temer como presidente e não Dilma que tem preferência clara por Flávio Dino.

Apesar da pouca abertura com os atuais senadores, resta ao governador do Maranhão tentar um acordo com Roberto Rocha, que esteve na chapa vencedora em 2014. E torcer para que a briga no PMDB do Maranhão não termine e assim João Alberto continue votando contra o impeachment e Lobão siga seu companheiro de legenda.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você