Brasil

Sociedade Brasileira de Pediatria rebate Queiroga e defende vacinação de crianças contra a Covid-19

247 – Ainda repercute nota da Sociedade Brasileira de Pediatria de sexta-feira  (24) defendendo a vacinação de crianças com idades entre 5 e 11 anos contra a Covid-19 e rebatendo as declarações do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que tentou minimizar a gravidade da doença nesta faixa etária.

 

No texto, a SBP nega que o número de mortes pela covid-19 entre entre crianças esteja em “patamares aceitáveis” como disse o ministro e que “infelizmente, as taxas de mortalidade e de letalidade em crianças no Brasil estão entre as mais altas do mundo. Até o momento, a covid-19 vitimou mais de 2.500 crianças de zero a 19 anos, sendo mais de 300 delas confirmadas no grupo de 5-11 anos, causando ainda milhares de hospitalizações”.

 

O texto ressalta ainda, que as crianças podem manifestar uma síndrome inflamatória multissistêmica semanas após a infecção pelo SARS-CoV-2. Ao menos 1,4 mil casos desta síndrome já teriam sido identificados no Brasil.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp