Brasil

STF avisa aliados e interlocutores de Bolsonaro que irá manter inelegibilidade de Daniel Silveira

 

247 – O Supremo Tribunal Federal (STF) informou a aliados e interlocutores de Jair Bolsonaro que a Corte irá manter a inelegibilidade do deputado federal bolsonarista Daniel Silveira (PTB-RJ), que foi indultado pelo atual ocupante do Palácio do Planalto após ter sido condenado a 8 anos e 9 meses de prisão, além da perda dos direitos políticos e da cassação do mandato, por atacar a democracia e as instituições. De acordo com o jornalista Valdo Cruz, no G1, interlocutores do presidente se reuniram com ministros do STF para tentar reduzir a tensão entre os dois Poderes e reclamaram do inquérito das “fake news”, que tem o ministro Alexandre de Moraes como relator.

 

 

“Do seu lado, magistrados informaram aos interlocutores do Palácio do Planalto que não há possibilidade de o deputado Daniel Silveira disputar as eleições deste ano, porque o decreto presidencial não atinge a inelegibilidade do parlamentar”, destaca a reportagem.

 

 

Ainda segundo o jornalista, a avaliação por parte do STF é que o agravamento da crise institucional pode ser contornado considerando o decreto presidencial como constitucional, mas mantendo a inelegibilidade de Silveira e que a decisão final sobre a cassação do mandato de Daniel Silveira fique sob a responsabilidade da Câmara dos Deputados.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp