Brasil

“Todo o processo de construção do Enem está em risco”, diz Haddad

“Todo esse trabalho de construção de reputação da prova pode se perder justamente porque um maluco resolve dizer como devem ser as questões da prova, e não a ciência, a pesquisa acadêmica”, afirmou Fernando Haddad (PT) em entrevista à TV 247; confira

247 – Ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) comentou sobre o processo de criação no Enem e de integração de um novo exame ao Sisu, em entrevista à TV 247.

“Tivemos que convencer dezenas de conselhos superiores das universidades a abrir mão do processo seletivo em proveito do exame nacional. É isto que está em risco neste momento”, declarou. O Enem unificou os vestibulares de cada universidade para formar um exame nacional.

“Todo esse trabalho de construção de reputação da prova pode se perder justamente porque um maluco resolve dizer como devem ser as questões da prova, e não a ciência, a pesquisa acadêmica”, reforçou. 

“O Bolsonaro, que vai dizer se houve um golpe em 64 ou não no Brasil? É ele que vai ditar as regras do que é ciência? É ele que vai dizer qual é a maneira mais adequada de combater uma pandemia, se é por remédios ineficazes ou vacinação?”, indagou. 

“Qual vai ser a segurança que o estudante tem para responder às questões? Quem sabe que no ano que vem não vai ter uma cartilha para dizer como deve ser a correção da redação [do Enem] com relação a temas como história do Brasil”

*Brasil247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp