Maranhão

Trabalhadores protestam contra mineradora Vale no Maranhão

Um movimento organizado pelo Sindicato dos Ferroviários no Maranhão, Pará e Tocantins (Stefem) realizado desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira, impede a entrada de ônibus na base da mineradora Vale no bairro do Anjo da Guarda, em São Luís.

O protesto dos trabalhadores ligados ao Stefem não afeta o funcionamento do Trem de Passageiros da Vale. O trânsito na Avenida dos Portugueses, em alguns momentos, ficou lento em razão da fila de ônibus da empresa.

O movimento pretende, contudo, reivindicar da mineradora pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) 2015, além de abonos e cumprimento da convenção coletiva.

Os manifestantes posicionaram objetos queimados em algumas das entradas.

Em nota, a Vale informou que na manhã desta terça-feira, o Sindicato dos Trabalhadores das Empresas Ferroviárias do Estado do Maranhão (Stefem) bloqueou, por cerca de três horas e meia, o acesso de veículos nas unidades operacionais da Vale localizadas em São Luís. Representantes do sindicato atearam fogo em pneus para chamar atenção e impedir o trânsito de veículos nas proximidades da portaria da empresa. O bloqueio não impediu a entrada e saída de empregados. A Vale respeita o direito à manifestação mas repudia atos de violência que impedem o direito de ir e vir das pessoas. A empresa destaca que mantem diálogo constante com sindicatos e empregados.

A Vale esclarece também que o ciclo referente à participação nos lucros e resultados de 2015 se encerrou em março passado e que já iniciou negociação com os sindicatos para discutir as regras que vão reger a PLR de 2016. 

Fonte: O Imparcial


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você