Brasil

Tragédia econômica explica favoritismo de Lula, aponta diretor da Quaest

Segundo pesquisa Quaest, 50% dos eleitores acreditam que a economia é o principal problema do país

247 – O favoritismo de Lula nas eleições presidenciais, assim como sua estabilidade nas pesquisas, se deve à “relevância da economia real na vida do cidadão”, afirmou o diretor da Quaest, Felipe Nunes.

Segundo a pesquisa Quaest divulgada nesta quarta-feira, 11, que mostra Lula com chances de vencer no primeiro turno em um cenário de estabilidade, 50% dos eleitores acreditam que a economia é o principal problema do país, enquanto 13% apontam para a pandemia/saúde, 11% para questões sociais e 9% para a corrupção. 

Entre os que se preocupam com a economia, combater a inflação é prioridade. Segundo Nunes, o protagonismo da inflação é “preditor de eleição de mudança”, o que favorece Lula. 

“Entre os 50% preocupados com a economia, 18% dizem que é a inflação o principal problema do país e 13% o desemprego. Em set/21, apenas 6% diziam espontaneamente que a inflação era o principal problema”, disse ele, no Twitter.

“Não por acaso, 58% dos brasileiros acham que Bolsonaro não merece um segundo mandato como presidente, enquanto 53% acham que Lula merece voltar a ocupar o Executivo federal”, disse.

*Brasil247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp