Ceará

Uso de máscara será flexibilizado para espaços abertos, decide comitê no Ceará

O Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus deliberou pela flexibilização do uso de máscaras para atividades ao ar livre. A medida, tomada com base no cenário de indicadores epidemiológicos, começa a valer a partir desta segunda-feira (21) em todo o Ceará. Os detalhes serão registrados em decreto que será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) de amanhã.

 

“O Comitê resolveu pela desobrigação de uso de máscaras em espaços abertos, ao ar livre, a partir da próxima segunda-feira. Aliás, vários países já liberaram, vários estados brasileiros também liberaram o uso da máscara em ambientes abertos. A partir do momento em que nós ouvimos dos especialistas, aqueles que nos orientam, que apresentam os dados ao Comitê, ficou decidido isso”, afirmou o governador Camilo Santana, que anunciou a medida, acompanhado pelo secretário da Saúde do Ceará, Marcos Gadelha, e pelo prefeito de Fortaleza, José Sarto.

 

“Continua obrigatório o uso de máscara em espaços fechados”, reiterou o governador.

Camilo destacou ainda a importância da dose de reforço da vacina contra covid-19 para manter o cenário favorável a mais avanços. Atualmente, 82,2% da população vacinável do Ceará (a partir de 5 anos) já tomou a segunda dose (ou dose única da Janssen). O reforço já chegou ao braço de 50% dos cearenses. Até essa quinta-feira (17), 18,2 milhões de doses já tinham sido aplicadas no estado.

 

O prefeito de Fortaleza, José Sarto, registrou agradecimento ao empenho dos profissionais de saúde e lembrou os dois anos de pandemia, que demandou rotina de reuniões de avaliação constante pelo comitê, que segue estudando o panorama epidemiológico. “Nosso compromisso sempre foi vacinar toda a população cearense, assim que chegassem as doses. Cumprimos o nosso compromisso.”

 

Marcos Gadelha defendeu o respeito à CIência e convocou a população para mobilizar familiares e amigos pela atualização do calendário de vacinas. “É importante ampliar a cobertura vacinal da dose de reforço para que a gente continue neste cenário favorável na pandemia”.

Cenário

O governador indicou ainda que, apesar da flexibilização do uso de máscaras ao ar livre, a recomendação é que pessoas que tenham imunossupressão mantenham o uso desse item de proteção sanitária.

 

Camilo apresentou os dados atualizados na pandemia no Ceará. Eles apontam que a positividade segue em níveis baixos no Ceará, com baixa incidência de demanda de atendimento ocasionada pela covid-19 nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), indicando a superação da onda da variante Ômicron.

 

“Vamos seguir avaliando os números da terceira dose para que a gente possa avançar ainda mais nessa questão da máscara”, adiantou.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp