Internacional

Vice-presidente, senadores e deputados são retirados as pressas do Congresso após barulho de tiros

Um grupo de apoiadores do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, invadiu nesta quarta-feira (6) o Capitólio, sede do Congresso americano em Washington, durante a contagem oficial dos votos do Colégio Eleitoral definidos nas eleições presidenciais de novembro, que deram vitória a Joe Biden.

Após a invasão, agentes de segurança do governo americano retiraram as pressas o vice-presidente eleito, Mike Pence, que presidia a sessão, além de deputados, senadores e outras autoridades presentes no local. Jornalistas que estão no Capitólio relataram barulho de tiros dentro do prédio.

Segundo relatos das emissoras americanas CNN e MSNBC, uma mulher foi baleada. A informação ainda não foi confirmada pelas autoridades de Washington.

Veja abaixo um RESUMO da invasão do Congresso dos EUA:

• Apoiadores de Trump invadiram o Capitólio para interromper a sessão de contagem de votos do Colégio Eleitoral;
• Invasão aconteceu durante debate sobre objeção aos resultados do Arizona, onde Biden venceu;
• Senadores e deputados foram retirados do local da sessão e levados a uma área segura do prédio;
• O vice-presidente Mike Pence, que presidia a sessão, foi retirado do Capitólio;
• Houve vandalismo, uma porta de vidro foi quebrada e gás lacrimogênio foi disparado pela polícia do Capitólio; guardas foram feridos;
• Som de tiros foram ouvidos e relatos por autoridades; emissoras norte-americana relatam ao menos uma pessoa atingida
• Em redes sociais, Donald Trump pediu protestos pacíficos e confiança nas forças policiais
• A prefeita de Washington, Muriel Bowser, declarou toque de recolher na cidade a partir das 18h, por um período de 12 horas.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp