Piauí

“Volta desordenada é o caminho da morte”, diz Wellington Dias sobre flexibilização do comércio

Após atos de protestos na Prefeitura e no Palácio de Karnak, no centro de Teresina, por empresários do setor do comércio e da indústria da construção civil, na manhã desta quinta-feira (28), o governador Wellington Dias (PT) disse em suas redes sociais, que compreende a angústia e os prejuízos econômicos, pelo setor público também recebo os reflexos e sei do impacto social. Porém, segundo ele, a volta desordenada é o caminho da morte para dezenas de pessoas.

A manifestação se deu pela retomada das atividades econômicas, paralisadas há 70 dias por causa do isolamento social estabelecida para reduzir os impactos da pandemia do novo coronavírus. “O vírus que causa a doença Covid-19, que não tem vacina e nem um remédio específico, é o inimigo comum, da Saúde e da economia. Estamos, com responsabilidade, tratando da retomada, e com os protocolos já bem andados e dialogando com empreendedores e trabalhadores”, escreveu em sua conta no Twitter.

 

A manifestação foi convocada pela Federação do Comércio do Estado do Piauí (Fecomercio) e pelo Centro Empresarial do Estado do Piauí.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você