Arquivo Nordeste

Wellington Dias denuncia: atraso da Anvisa fará Brasil perder remessa da vacina Sputnik V prevista para abril

247 – O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), alertou que o Brasil poderá não receber o lote da Sputnik, vacina russa contra a Covid-19, previsto para abril em função do atraso da aprovação do imunizante pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

“É simplesmente inacreditável”, disse Dias por meio de nota. “E o povo adoecendo e morrendo no Brasil por falta de vacinas para Covid 19. Sem a licença para importação a vacina Sputnik, comprada pelos Estados, não pode vir para o Brasil. Vamos perder a remessa deste mês de abril”, completou. Segundo a revista Carta Capital, a crítica foi feita na esteira de uma nota expedida pela Anvisa no sábado (24). No teto, o órgão informava que marcou uma reunião para tratar da portação do imunizante para esta segunda-feira (26). 

O alerta de Wellington Dias – que também preside o Consórcio de Governadores do Nordeste para o enfrentamento à Covid-19 – foi feito em um vídeo divulgado neste domingo (25). Segundo o governador, “há demora na liberação da licença de importação por parte da Anvisa e há demora por burocracias e exigências que não estão previstas na lei”.

“A lei prevê que seja apresentado a certificação por uma agência reguladora, entre as 16 ali citadas. E isso foi feito pelos estados. E, agora, mesmo com a decisão do Supremo, ainda, temos uma exigência de uma série de outros documentos”, completou. 

Representantes do Consórcio Nordeste estiveram em Moscou na semana passada para finalizar as tratativas de 17 contratos dos estados do Nordeste e da Amazônia Legal para a compra das doses da Sputnik V. 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp