Política

Wellington Dias reitera que ICMS não é culpado por alta nos combustíveis: “Estão tirando dinheiro dos pobres para os mais ricos”

Coordenador do Fórum dos Governadores, Wellington Dias reiterou a posição dos líderes estaduais contra a lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro que prevê a incidência por uma única vez do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis, inclusive importados, com base em alíquota fixa por volume. Ele apontou que o IMCS, que está congelado desde novembro, não é o culpado pelos aumentos nos combustíveis.

 

“Nós não apenas somos favoráveis a uma solução para o preço dos combustíveis reduzirem, como inclusive assumimos posição concreta desde Novembro colocando um preço congelado na referência para o ICMS dos combustíveis e, veja, de lá para cá vários reajustes”, disse.

 

Ele continuou: “Estão sempre culpando o ICMS e na verdade o que estão fazendo na prática é tirando o dinheiro dos mais pobres, aquela pessoa que bota ali gasolina na sua motocicleta, para poder botar o dinheiro lá, através do lucro da Petrobras, no bolso dos mais ricos e isso não é aceitável”.

 

Dias ainda defendeu proposta do Fundo de estabilização dos preços combustíveis.

Veja:

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp