Política

Wellington Dias ressalta aprovação do primeiro remédio contra covid-19 no país e aponta desafio de quebra de patente

O governador do Piauí, Wellington Dias, comemorou a aprovação, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do uso emergencial de novo medicamento que promete aumentar a resistência contra a covid-19 em pessoas imunocomprometidas graves em decorrência de outros problemas de saúde.

 

“A aprovação por unanimidade de medicamento para Covid 19 pela Anvisa, é um passo muito grande para o Brasil estar melhor preparado para transição da fase da Pandemia para Endemia . Com avanço na vacinação que garante queda de numero de casos Covid e também redução de internações e óbitos, com mais o medicamento disponível e autorizado uso, é o possível o plano para conviver com o Coronavirus, como ocorre com outros vírus que estão entre nó !”, disse.

 

Ele ainda apontou o desafio de fazer o pacto de pagar estudos e sair da regra da patente do remédio para Covid e baratear o custo do medicamento

 

“O Mundo gastando os tubos de dinheiro com guerra Ucrânia / Rússia, em armas, munições e tudo mais, e esquecendo o foco de vencermos a guerra contra o inimigo comum: o Coronavirus. Que Deus toque o coração das autoridades”, disse.

 

Produzido pela AstraZeneca do Brasil, o remédio Evusheld, não é um substitutivo à vacinação da população em geral, sendo recomendado apenas para pessoas não infectadas pelo novo coronavírus, cujas defesas imunológicas estejam comprometidas por outras doenças ou que não possam ser vacinadas contra a covid-19.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp