Política

Witzel confirma que irá à CPI da Covid “responder todas as perguntas”

O ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC) confirmou presença na CPI da Covid nesta quarta-feira (16), para quando está marcado seu depoimento. Ele fez a confirmação à Veja, mesmo após ter apresentado recurso ao Supremo Tribunal Federal para evitar a obrigação de comparecer ao Senado.

“Eu irei e vou responder a todas as perguntas”, afirmou Witzel, que foi alvo de um processo de impeachment por suspeitas de corrupção na Saúde durante a pandemia.

“Farei alguns requerimentos à CPI. Muitos fatos não ficaram esclarecidos e precisam ser aprofundados. Ao que parece, o que interessava mesmo era meu afastamento e cassação. Criminosos confessos como (o empresário) Edson Torres não tiveram seus bens bloqueados e as empresas que operaram os esquemas dele continuam atuando sem qualquer intervenção. Não é estranho?”, questionou Witzel.

“A CPI pode prestar um grande favor à democracia investigando, quebrando sigilos que não foram quebrados e encontrando o caminho do dinheiro”, completou o ex-governador.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp