Brasil

Bolsonaro volta a atacar David Uip e Roberto Kalil em lobby pela cloroquina

Segundo Bolsonaro, eles teriam se curado da infecção com o uso da medicação, porém, os dois se recusam a revelar tal situação para não expor a “propaganda” do governo federal em uma suposta “politicagem” do governador de São Paulo, João Doria.

08/04/2020


REVISTA NORDESTE – Numa sequência de três tweets na manhã desta quarta-feira (8), o presidente da República Jair Bolsonaro voltou a fazer propaganda da cloroquina como solução para a pandemia do novo coronavírus, sendo que, dessa vez, com uma sequência de ataques ao infectologista David Uip, coordenador de crise do coronavírus no Estado de São Paulo, e o cardiologista Roberto Kalil.

Segundo Bolsonaro, eles teriam se curado da infecção com o uso da medicação, porém, os dois se recusam a revelar tal situação para não expor a “propaganda” do governo federal em uma suposta “politicagem” do governador de São Paulo, João Doria.

As postagens foram feitas um pouco antes da reunião que ele teve com o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, no Palácio do Planalto.

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.