Brasil

Distrito Federal e Maranhão também querem ter acesso à vacina russa

13/09/2020


Sputnik – Embora o Brasil não tenha adotado, ainda, uma posição oficial sobre a primeira vacina contra a COVID-19, alguns estados brasileiros têm procurado se antecipar nas negociações ou conversas em torno da Sputnik V.

Na última sexta-feira (11), a Bahia anunciou um acordo com o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI) prevendo o fornecimento de 50 milhões de doses da vacina russa. A ideia seria enviá-la futuramente para outras partes do país.

O estado espera começar a realizar ensaios clínicos com 500 voluntários no próximo mês, e aguarda, por enquanto, o posicionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.