Brasil

Em Lima, Médico Adson França lembra gritos da torcida do Flamengo por democracia e volta à favela

24/11/2019


Por Waltee Santos

“Podemos testemunhar um momento singular na história do futebol brasileiro com a presença de mais de 20 mil torcedores do Flamengo em Lima gritando por democracia e a volta à favela representando a inclusão social de forma espetacular”, revelou o médico baiano morador de São Paulo presente na final do Flamengo contra River Plate por coincidência de estar em Lima, no Peru, participando de evento .

– Ainda estamos roucos de tanto gritar de emoção neste sábado histórico em nossas vidas com todos os brasileiros se cumprimentando gritando por democracia e atestando a atitude de craques como Gobigol recusando o aproveitamento politico na Vitória do Mengão – frisou.

Segundo ele, até faixas de “Mariele Vive” se fez presente durante a presença dos torcedores no estádio e fora dele. “A elevação do Flamengo campeão traz consigo sentimento de democracia e inclusão social vivenciados por seus torcedores. Fantástico”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.