Nordeste

Ministro vai ao Ceará após barragem vazar e desalojar duas mil famílias

Cerca de 2.000 famílias que vivem num raio de 2 km do local foram retiradas de suas casas e levadas a alojamentos ou casas de parentes e amigos

22/08/2020


O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, fala à imprensa após reunião para detalhar a reforma da Previdência a governadores.

Revista Nordeste

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, informou em sua conta na rede social Twitter que chegou em Jati, no Ceará, na tarde deste sábado. A barragem situada na localidade apresentou vazamento na sexta (21), contido horas depois.

Cerca de 2.000 famílias que vivem num raio de 2 km do local foram retiradas de suas casas e levadas a alojamentos ou casas de parentes e amigos.

“Acabamos de chegar em Jati”, informou. Acrescentou que visitará o local acompanhado do Secretário Nacional de Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas e avaliar os danos causados pelo vazamento. “Cabe ressaltar que o trabalho de recuperação já foi iniciado.”

O ministro visitará famílias desalojadas. “Tomamos todas as medidas necessárias para preservar as vidas em primeiro lugar.”

Ele escreveu ainda que, tão logo foi informado sobre o rompimento de uma tubulação, determinou a mobilização do efetivo do ministério e da Defesa Civil “para as medidas de avaliação de riscos e assistência às famílias.”


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.