Nordeste

Novo decreto autoriza reabrir lojas de peças e concessionárias a partir do dia 20 de julho em Teresina

A reabertura estava prevista para acontecer na próxima segunda-feira (13), contudo, foi adiada em decorrência aos baixos níveis de isolamento social

10/07/2020


Imagem meramente ilustrativa

O prefeito Firmino Filho (PSBD) assinou um decreto nesta sexta-feira (10) com a nova data da segunda fase da retomada das atividades econômicas em Teresina. A partir da próxima segunda-feira (20) estão autorizadas a funcionar os setores de concessionárias, vendas de peças e automotivo.

Conforme o decreto, as atividades ligadas aos setores de concessionárias, vendas de peças e automotivo devem utilizar o sistema de delivery ou drive-thru.

A reabertura estava prevista para acontecer na próxima segunda-feira (13), contudo, foi adiada em decorrência aos baixos níveis de isolamento social nos primeiros dias da primeira etapa da reabertura do comércio e o funcionamento clandestino do comércio no Centro da capital.

“Fomos obrigados a fazer essa alteração de datas devido ao desrespeito aos decretos municipais. A nossa fiscalização flagrou vários comércios atuando de forma clandestina no Centro da cidade, com grande aglomeração de pessoas, o que coloca em risco toda a nossa estratégia de retorno das atividades. Sem o isolamento social mais forte, não temos como prosseguir com esse planejamento de reabertura. Não podemos colocar em risco a vida da população”, declarou o prefeito Firmino Filho.

No último segunda-feira (6) foram retomadas as atividades dos setores da indústria, da construção civil, da agropecuária, pesca, agricultura e algumas atividades técnicas. A duração de cada fase do plano de retorno dependerá também do cenário da Covid-19 na cidade.

Como medida para reforçar o isolamento social na cidade, a Prefeitura de Teresina anunciou o isolamento de ruas do Centro da cidade e a restrição para veículos a partir de segunda-feira (13).


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.