Brasil

CBIC se preocupa com efeitos da Guerra e conjuntura, além da queda da Tenda na Bolsa de Valores

Por Walter Santos

O conselheiro da CBIC – Câmara Brasileira da Construção Civil – paraibano Irenaldo Quintães, revelou que é  alta a preocupação do segmento, através do presidente nacional,  diante dos graves efeitos da Guerra da Ucrânia e da realidade socioeconômica do Brasil na atualidade com alta da inflação e custo de vida afetando todos os setores.

Em conversa com a reportagem da Revista NORDESTE, ele disse que a queda das ações da Tenda na Bolsa de Valores tem preocupado muito a CBIC e o setor como um todo.

Segundo consta, “n<span;>a última sexta, 11, as ações da Tenda despencaram após a divulgação dos resultados negativos obtidos no quarto trimestre do ano passado pela construtora. Às 15h (horário de Brasília), os papéis caíram 26,8% sendo negociados a R$8,96″.

 

Irenaldo lembrou que o segmento da construção civil tem sido fortemente afetado com os efeitos externos da economia nacional e internacional.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp