Brasil

Celso Amorim fiz que “atual retórica anticomunista no Brasil vem da loucura”

247 – O embaixador e ex-ministro Celso Amorim foi questionado durante entrevista à TV 247 sobre a origem e a razão para a retórica anticomunista e anti-China no Brasil. Para ele, “loucura” é a única explicação.

“Vem da loucura. Isso é loucura da extrema direita”, afirmou, ressaltando que tal narrativa no Brasil não faz nenhum sentido, visto que os chineses são os principais parceiros comerciais dos brasileiros. “Se você está nos Estados Unidos você pode imaginar que você tem uma rivalidade. Era a linha do Steve Bannon, do Mike Pompeo, mas sem as conotações alucinadas que elas ganharam no Brasil com o Ernesto Araújo e outros”.

“Há toda uma fabulação louca de a China como inimiga do Brasil, como inimiga da cristandade, como inimiga de um Ocidente imaginário. Não tem cabimento nenhum”, acrescentou.

Amorim cobrou uma posição do agronegócio brasileiro em defesa da China, alertando para o risco de uma futura retaliação por parte do país oriental. “O agronegócio tem que reagir a isso, se não ele não vai ter dinheiro para financiar nada. Se não vender para China, [responsável por] 70% do superávit brasileiro, mais de um terço do total da nossa exportação de alimentos… É uma coisa totalmente alucinada”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp