Nordeste

Morre o empresário Licínio Dias, dos Vinhos e Azeites em Recife e Cabedelo

BLOG DE MAGNO MARTINS

 

Luto no mercado de vinhos e azeites de Recife e Porto de Cabedelo. Faleceu, na manhã de hoje, o empresário Licínio Dias, vítima de complicações de um câncer, aos 56 anos. Para a sociedade pernambucana, ele era um homem de negócios na área de entretenimento, gastronomia e bebida, que dispensava apresentações.

Há anos, Licínio estava à frente de vários empreendimentos, como o famoso Bar do Neno (seu apelido), Ferreiro Café, UK PUB, Alphaiate e importações de rótulos diferenciados. Sem falar na Casa dos Frios, que ajudava a tocar junto com sua mãe, dona Fernanda e a irmã Izabel. A prévia Chocalho do Neno (também seu nome) reunia toda a sociedade pernambucana no sábado que antecedia o Carnaval.

Antes de falecer, ele deixou em andamento o sonho de abrir o restaurante Licínio 1926, em homenagem ao pai, que abrirá em breve.

Durante anos, ele atuou em negócios com o porto Cabedelo, na Paraiba.

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp