Paraíba

ALPB fará a entrega simbólica de título de Cidadão Paraibano para Dom José Maria Pires

Iniciativa foi do presidente da ALPB, Adriano Galdino. O arcebispo emérito da Paraíba atuou na defesa dos direitos humanos durante o período da Ditadura Militar.

17/11/2019


Revista NORDESTE

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino, promove uma reparação histórica na próxima segunda-feira (18). A entrega simbólica do título de Cidadão Paraibano ao arcebispo emérito da Paraíba, Dom José Maria Pires. A honraria foi concedida há 52 anos, mas por questões políticas ainda não tinha sido entregue.

A sessão especial, proposta pelo presidente da ALPB, também será alusiva ao III Dia Mundial dos Pobres, instituído pelo Papa Francisco. O evento acontecerá no plenário “Deputado José Mariz”, a partir das 14h30. A entrega do título de cidadão paraibano será feita ao arcebispo metropolitano Dom Delson, representante maior da Arquidiocese da Paraíba.

Dom José Maria Pires atuou na defesa dos direitos humanos durante o período da Ditadura Militar, interveio em conflitos de terra e lutou contra a discriminação e o racismo. Além disso, ele foi o primeiro bispo negro do país.

Para o presidente da ALPB, a importância de Dom José vai muito além da atuação dele como líder católico. “Dom José tinha a sua opção pelos pobres, era humilde e defendia a democracia, as liberdades individuais. Dom José foi um exemplo de ontem, de hoje e de amanhã”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.