Internacional

Baleado nas costas, homem negro Jacob Blake afirma que ‘dói respirar’ em hospital nos EUA

06/09/2020


247 – Baleado nas costas por um policial branco em Wisconsin (EUA), Jacob Blake, 29 anos, afirmou que “dói respirar” e que sente dor constante. Com ferimentos que provavelmente o deixarão paraplégico, ele disse a seus seguidores que “há muito mais vida para viver”.

“Eles podem tirar sua vida assim [estala os dedos], cara, e não apenas sua vida, suas pernas —algo que você precisa para andar e continuar a vida”, afirmou Blake em vídeo postado nesse sábado (5) por seu advogado Ben Crump. Os relatos foram publicados no jornal Folha de S.Paulo.

“24 horas, as 24 horas eu tenho dor, apenas dor. Dói respirar, dói dormir, dói quando sou virado, dói para comer”, acrescentou. “Por favor, mudem suas vidas aí fora. Podemos estar juntos, ganhar algum dinheiro, tornar tudo mais fácil para o nosso povo lá fora, cara, porque muito tempo foi perdido”.

O americano levou sete ou oito tiros quando entrava em seu carro, no qual três de seus filhos estavam, no dia 23 de agosto, em Kenosha, no estado de Wisconsin. Os tiros foram disparados depois que a polícia chegou ao local onde ele tentou interromper uma briga entre duas mulheres. Os dois agentes que tentaram prender Blake foram suspensos.

Os casos de racismo vêm chamando as atenções desde maio, quando o rapaz negro George Floyd morreu após ser imobilizado e asfixiado por um policial branco em Mineápolis, no estado de Minnesota.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.