Brasil

Bolsonaro diz que inquérito das fake news do STF está ‘à margem da legislação’

Para o presidente, a busca e apreensão contra 29 bolsonaristas “não soa bem no estado democrático de direito”

15/06/2020


Na imagem o presidente da República Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (15), em entrevista à Bandnews, que o inquérito das fake news do STF está “à margem da legislação”.

“É um inquérito que serve apenas para o interesse dele. Ele é vítima, ele interroga, julga e condena. Isso não é justo, no meu entender, porque está à margem da legislação brasileira. Isso é um foco de atrito”, afirmou.

Para Bolsonaro, a busca e apreensão contra 29 bolsonaristas “não soa bem no estado democrático de direito”.

“Até a busca e apreensão que aconteceu contra 29 simpatizantes meus, nenhum da oposição, isso não soa muito bem no estado democrático de direito. Isso, obviamente, é um foco de atrito que o Supremo tem de superar. Da minha parte, eu pergunto: onde é que eu provoquei, em algum momento, o STF?”, questionou.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.