Ceará

Camilo Santana anuncia abertura de 306 leitos de UTI e diz que meta é expandir rede

Durante transmissão nas redes sociais, Camilo Santana afirmou que manteve contato com Governo Federal e Embaixada da China para viabilizar a chegada de equipamentos ao Ceará.

22/04/2020


REVISTA NORDESTE –  O governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou, durante transmissão ao vivo nas redes sociais, que o estado abriu em um mês 306 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para atender pacientes infectados pelo coronavírus. “Nós já implantamos mais de 300 novas UTIs no sistema público estadual de saúde. Estávamos chegando no limite da capacidade, principalmente em Fortaleza, onde concentra a maioria dos casos, e nos últimos cinco dias implantamos 53 novos leitos. Hoje, amanhecemos o dia com 75% de ocupação dos leitos de UTI aqui na capital e já estamos com uma perspectiva de implantar mais 16 leitos amanhã em Fortaleza e 14 no interior”, comentou o governador.

A maioria dos leitos de UTI foi instalada em Fortaleza e na Região Metropolitana, mas há novas unidades em Juazeiro do Norte, Iguatu, Sobral, Quixeramobim, Maracanaú, Caucaia, Itapipoca e Crateús. Nesse enfrentamento à pandemia, o governador lembrou que já foram reabertos pelo Estado “dois hospitais privados (Leonardo da Vinci e Batista) que estavam fechados, ampliamos os leitos de UTI do HGF, Albert Sabin e César Cals, em Fortaleza, como também temos ampliado no Interior e implementado leitos de UTI em hospitais municipais e filantrópicos”.

Equipamentos

Camilo Santana destacou que manteve conversas com a Secretaria de Governo do Governo Federal e com a Embaixada e o Consulado chinês aqui no Brasil para viabilizar a chegada de equipamentos já adquiridos no país oriental. “Temos feito um esforço diário para ampliar a rede de atendimento de saúde pública para a população nesse enfrentamento à Covid-19. Essa conversa que tivemos é para que a gente possa trazer a remessa de respiradores comprados pelo Governo do Estado, que vai nos permitir ampliar ainda mais as nossas unidades de terapia intensiva. O Ceará comprou 700 respiradores à China e já pagamos. Há uma disputa internacional por esses respiradores e aqui a gente tem feito essa articulação com o objetivo de estruturar a rede de saúde pública do Ceará” reforçou.

Edital

Para reforçar a rede pública estadual de saúde no atendimento à população acometida com a Covid-19, o Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), pretende ampliar o número de unidades de terapia intensiva (UTIs) através da contratação de pessoas jurídicas para a prestação do serviço. “Lancei o edital de chamamento público para novas UTIs. A meta é colocar 500 equipes para operacionalizar as unidades de terapia intensiva que queremos implantar”, disse o governador.

Isolamento

Camilo Santana voltou a reforçar a importância do isolamento social e pediu a compreensão das pessoas nesse momento que deve ser de união entre todos. “É importante que as pessoas compreendam o distanciamento social. Essa é uma medida que sei que traz transtornos à população e efeitos colaterais, principalmente na economia, mas tenho dito aqui que a nossa prioridade é salvar vidas. Os especialistas têm dito que o distanciamento social é o mecanismo que nós temos mais efetivo para diminuir a velocidade de contaminação e garantir que o serviço público de saúde e privado possam ampliar suas redes para terem capacidade de atender a população”. O governador citou os canais de comunicação criados para que a população busque informações confiáveis, que são o TeleSaúde (0800 275 1475), com 150 atendentes e 24 horas disponível, o chat nos sites oficiais do Governo do Ceará e o Whatsapp (85 98439-0647).


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.