Nordeste

Consórcio Nordeste anuncia compra coletiva para distribuir um milhão de máscaras nos 9 estados

A medida de incentivo à produção de microempreendedores, com impacto na estratégia de combate à transmissão do novo coronavírus, foi aprovada pelo Consórcio Nordeste.

06/04/2020


REVISTA NORDESTE – O governador Wellington Dias anunciou, nesta segunda-feira (6), a proposta de aquisição de um milhão de máscaras de proteção de fabricação caseira, pelos Estados nordestinos. A medida de incentivo à produção de microempreendedores, com impacto na estratégia de combate à transmissão do novo coronavírus, foi aprovada pelo Consórcio Nordeste. Os estados da região vão lançar editais para aquisição dos equipamentos.

“O objetivo é garantir que a gente tenha o máximo de pessoas produzindo essas máscaras e fazer com que o governo possa ter as condições de uma oferta pública, onde o estado adquire para que possamos fazer chegar às pessoas de mais baixa renda”, explicou Dias.

As máscaras adquiridas pelos governos devem ser distribuídas para pessoas em situação de rua, vendedores ambulantes e outras em situação de vulnerabilidade social. O acessório precisa seguir os padrões estabelecidos por uma comissão específica do Consórcio Nordeste, que deve divulgar em breve os detalhes do processo de aquisição.

O governador cobrou do governo federal, agilidade no envio de equipamentos e suprimentos necessários ao tratamento da Covid-19 e prevenção de síndromes respiratórias. “Estamos sem receber quase nada do governo federal. Até agora, de um grande número de respiradores que necessitamos, só recebemos 30. De EPI (Equipamento de Proteção Individual), muito pouco chegou. UTIs foram prometidas dez e nem isso chegou. Há necessidade dessa colaboração. Aqui também precisamos de agilidade. É preciso que o Ministério da Saúde possa agir para chegar os exames, as vacinas (contra o Influenza) pois ainda faltam 60%. Precisamos de 500 mil exames e só recebemos 1.200”, justificou.

Dias agradeceu aos piauienses que estão doando materiais de proteção individual.

“Quero agradecer a todas as pessoas e empresas que estão contribuindo, comprando e doando máscaras, álcool em gel, alimentos, comprando aventais e doando para ajudar o estado”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.