Brasil

Em reunião com governadores, Pazuello diz que vacinação contra a Covid-19 no país começa nesta segunda

Revista Nordeste – O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse, durante encontro com governadores na manhã desta segunda-feira (18), que a vacinação contra a Covid-19 será iniciada a partir das 17h em todo o país. As caixas já saíram do centro de distribuição de logística localizado em Guarulhos, São Paulo.

Durante o encontro, o ministro deu início à distribuição das doses da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, para os estados do país, e afirmou que o país é referência mundial de vacinação.

“O Brasil é a referência de vacinação no mundo e vai continuar sendo. Só com essas 6 milhões de doses [da Coronavac] e a velocidade com a qual vamos aplicar, já passamos rapidamente para segundo colocado no mundo ocidental – não sei ainda da China –, segundo ou terceiro”, explicou Pazuello.

“A todas as famílias das vítimas, recebam a nossa solidariedade, é muito difícil perder alguém que amamos. Está dado o primeiro passo para a maior campanha de vacinação do mundo”, concluiu o ministro.

Vacina de Oxford
O ministro voltou a dizer que a previsão do Ministério da Saúde é receber nos próximos dias os dois milhões de doses do imunizante da AstraZeneca/Universidade de Oxford produzidos na Índia.

“Se chegar a nossa vacina da AstraZeneca, que está prevista ainda para essa semana, a gente já encosta no segundo [colocado em população vacinada]”, completou Pazuello.

Sobre o encontro
O encontro, que aconteceu de forma virtual, marcou o início da distribuição simbólica da vacina contra Covid-19. Nessa etapa estão inclusas 6 milhões de doses da Coronavac.

O governador da Paraíba João Azevêdo esteve presente no encontro. Outros gestores, como o presidente do Consórcio Nordeste e governador do Piauí, Wellington Dias (PT); Romeu Zema (Novo), de Minas Gerais; Fátima Bezerra (PT), do Rio Grande do Norte; Ratinho Jr (PSD), do Paraná, também participam do encontro.

A previsão é que a Paraíba receba um lote 92.960 doses vacina do Instituto Butantan feita em parceira com o laboratório chinês Sinovac. Ela será feita por aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e caminhões com áreas de carga refrigeradas. As companhias aéreas Azul, Gol, Latam e Voepass também farão o transporte gratuito das caixas de vacinas para todos os estados que necessitem de transporte aéreo.

Após a chegada vacina no Estado, o governo da Paraíba irá distribuir as doses para os 223 municípios. Os veículos da área de saúde que irão auxiliar na vacinação contra a covid-19 na Paraíba já estão prontos e aguardando apenas a chegada das doses.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp