#Revista Nordeste

Em reunião com Pazuello, governadores reclamam de “arrogância” de Doria ao anunciar vacinação

 

247 – Governadores criticaram nesta terça-feira (8) o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Doria anunciou na segunda-feira (7) um plano estadual de vacinação contra a Covid-19 para SP com base na vacina chinesa CoronaVac, o que foi visto pelos colegas como um gesto de “arrogância” do tucano.

De acordo com a Folha de S. Paulo, Caiado disse que “o Ministério da Saúde não pode abrir espaço para nenhum estado querer se arvorar na frente de outro”, mostrando-se preocupado principalmente com o “constrangimento” que Doria causa a outros governadores ao apresentar um plano já com data de início para a vacinação da população de SP contra a Covid-19.

“Não posso admitir que um prefeito do meu estado tenha sido convidado para se cadastrar no governo de São Paulo para receber a vacina. Como pode São Paulo dizer que em 25 de janeiro inicia a vacinação e que quem for para São Paulo vai ser vacinado? Isso é um constrangimento a nós, governadores. Nós por acaso somos incompetentes? Essa situação é prerrogativa do Ministério da Saúde”, falou.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), também demonstraram insatisfação em relação a Doria.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp