Bahia

Escolas estaduais seguem com testes para novo coronavírus na Bahia

Para o atendimento, todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local, com disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos

17/08/2020


Imagem reprodução

Revista Nordeste

Duas escolas da rede estadual de ensino entraram, nesta segunda-feira (17), na semana de testagens para o novo coronavírus em estudantes, professores e funcionários na Bahia. A atividade segue até a próxima sexta-feira (21) e faz parte do protocolo para a tomada de decisões relacionadas à retomada do ano letivo, mesmo ainda sem a data de retorno definida.

Para o atendimento, todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local, com disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os professores e demais pessoas a serem testados devem utilizar máscaras de proteção para o acesso aos locais de testagem. Ao entrar, todos são direcionados para a higienização correta das mãos.

O estudante David Coelho, do Colégio Estadual Moyses Bohana, em Ilhéus, ressaltou a importância da iniciativa. “A gente ficar sabendo da nossa situação, seja o resultado positivo ou negativo, nos dá uma certa tranquilidade, porque podemos tomar as precauções necessárias”, disse.

Para Maria Bonfim, mãe de estudantes matriculados no Colégio Estadual Felix Mendonça, em Itabuna, a testagem da comunidade escolar também é fundamental para contribuir no controle da infecção no município. “Por ser uma doença nova, tenho certeza de que este trabalho vai ajudar na diminuição da curva de crescimento, pois vai apontar pessoas que estejam infectadas, ou que já tiveram, que serão devidamente orientadas”.

A gestora do Núcleo Territorial de Educação de Itabuna (NTE 05), Leninha Vila Nova, destacou a importância da comunidade escolar continuar a se dirigir às escolas para a aplicação do teste. “Chegamos na segunda semana de testes em Itabuna e Ilhéus, e o Governo do Estado está realizando todos os esforços para atender aos estudantes. Mesmo com o lockdown, estamos chegando às escolas mais distantes, como as indígenas, e, por isso, é importante que todos compareçam nas escolas para as testagens”, afirmou.

No município de Ilhéus serão testadas 12.327 pessoas, entre estudantes, professores e funcionários de 18 escolas, incluindo quatro unidades indígenas. Já em Itabuna, a testagem acontecerá em 14 unidades escolares, contemplando 12.011 pessoas da comunidade escolar. A iniciativa já foi realizada em Itajuípe, Ipiaú e Uruçuca e, atualmente, também está sendo executada no município de Jequié, até a próxima quarta-feira (19).


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.