Brasil

“Fica com essa coisa de contar doses”, rebate ministro sobre atraso na vacinação contra a Covid-19

Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, criticou a atuação da imprensa na cobertura da vacinação contra Covid-19 no Brasil e afirmou ser necessário “parar de contar vacina”, ao ser questionado sobre atrasos no Programa Nacional de Imunização (PNI).

“Vamos deixar de ver só problema. Porque, na realidade a gente está aqui é para dar solução à nossa população. Fica com essa coisa de contando doses de vacina. Vamos vacinar a população brasileira. Estamos aqui trabalhando e vocês são testemunhas disso”, disse o ministro.

Na entrevista, Queiroga também afirmou que os grupos prioritários previstos pelo PNI devem ser vacinados integralmente somente em setembro. “O processo de vacinação no Brasil tem ocorrido de maneira cada vez mais célere. Se continuar nesse ritmo, vamos até setembro atingir a imunização prevista no programa nacional de imunização. Nosso objetivo é que isso ocorra antes”.

Sobre o coquetel de medicamentos aprovado pela Anvisa para tratar doentes de Covid-19 em casos leves, o REGN-COV2, o ministro afirmou que as substâncias ainda precisam passar por avaliação. “Os dados (sobre o medicamento) são preliminares. Ainda aguardamos por dados definitivos. Há cientistas que defendem que esse medicamento pode incentivar variantes novas do vírus. Isso (a recomendação dele) deve ser feito com muita cautela. A Anvisa é um tipo de avaliação. A avaliação de incorporação é outra avaliação e com escopo distinto”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp