Nordeste

Governo de Pernambuco decreta isolamento total em Caruaru e Bezerros

A medida será válida a partir do dia 26 de junho até 5 de julho

24/06/2020


Vista aerea da cidade de Caruaru, no Agreste pernambucano - Foto: Getty Imagens

Responsável por 71% do aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Agreste nos últimos sete dias, o governo do Pernambuco decretou a restrição das atividades econômicas em Caruaru e Bezerros. A medida será válida a partir do dia 26 de junho até 5 de julho. Assim, nesses dez dias, em ambas as cidades, só estão liberados os serviços essenciais (padarias, farmácias, supermercados, postos gasolina e de saúde), além das atividades industriais, da construção civil (com 50% da capacidade) e de restaurantes para delivery.

Enquanto o estado tem reduzido o número de casos e óbitos por causa da Covid-19, a região registrou aumento expressivo na disseminação da doença. “Nossa decisão é de limitar as atividades naquela região de Caruaru e de Bezerros o máximo possível. Apenas as atividades essenciais estarão liberadas e nós vamos fazer uma restrição nas atividades comerciais, visando reduzir a circulação de pessoas ao máximo. Temos que reforçar o fique em casa para que a gente tenha um resultado positivo”, disse o secretário de saúde de Pernambuco, André Longo.

A região Agreste pulou de 267 para 358 casos de SRAG na última semana. Em Caruaru, o salto foi de 97 para 152 casos. No município de Bezerros, o avanço foi de 27 para 37 casos. Vale lembrar que o Agreste, na segunda semana de junho, não avançou no plano de retomada gradual das atividades no estado por não terem apresentado queda de casos.

“Queremos uma redução do R, ou seja da velocidade de crescimento de casos naquela região. Menos casos graves, menos solicitações de UTI, preservando a saúde e a vida dos moradores tanto de Caruaru quanto de Bezerros”.

De acordo com o último boletim divulgado pela secretaria de saúde de Caruaru, são 1.615 casos do vírus na cidade, com 111 mortes. Já segundo o mais recente informe de Bezerros, são 314 ocorrências da doença e 14 óbitos.

“É fundamental a integração de ações do Estado com os dois municípios e também que a população entenda que este é um momento de reforçar o cuidado com a transmissão do vírus, evitando mortes e preservando a saúde das pessoas”, concluiu André Longo.

O mais recente boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta terça (23), 337 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 212 são casos leves e 125 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Ao todo, Pernambuco totaliza 52.831 casos confirmados, sendo 18.354 graves e 34.477 leves.

Além disso, foram confirmados 87 óbitos, ocorridos desde o dia 18 de abril. Do total, 56 mortes (64%) ocorreram entre o dia 18 de abril e 19 de junho e 31 (36%) ocorreram nos últimos três dias. Com isso, o Estado totaliza 4.339 mortes pela doença. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.