Nordeste

Justiça aceita denúncia contra ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho

Essa é a sexta acusação contra Coutinho no âmbito da Operação Calvário

31/08/2020


Na imagem o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho

Revista Nordeste

A Justiça da Paraíba aceitou denúncia contra o ex-governador Ricardo Coutinho e outros seis envolvidos por suposto desvio de recursos para obras no prédio do ‘Canal 40’, local utilizado durantes as campanhas de Ricardo ao Governo do Estado. Essa é a sexta acusação contra Coutinho no âmbito da Operação Calvário. A denúncia foi recebida pelo juiz Manoel Abrantes, da 1ª Vara Criminal de Mangabeira.

Também foram denunciados Coriolano Coutinho e Valéria Coutinho, irmãos de Ricardo, além de Paulo César Dias, Ivan Burity, Livânia Farias e Laura Caldas.

A denúncia aceita aponta que “nas operações de reforma e decoração do CANAL 40, em benefício de RICARDO VIEIRA COUTINHO, houve o emprego de diversos estratagemas para a dissimulação e ocultação: a) da origem ilícita dos recursos empregados, advindos de crimes antecedentes através de inúmeras empresas e organizações es sociais manietadas pela ORCRIM, consoante se extraí das inúmeras denúncias já formuladas e b) dos proprietários de fato e possuidores do imóvel funcionava o CANAL 40, bem como de suas benfeitorias e, por consequência, do destinatário do dinheiro sujo empregado nesses processos: o ex-governador RICARDO VIEIRA COUTINHO e sua família”, diz trecho.

O Ministério Público diz ainda que o imóvel foi utilizado para fins espúrios e reformas foram feitas para transformar a estrutura em uma ‘base operacional segura’, um ‘quartel general para os membros da organização criminosa’.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.