Internacional

Pós-Covid: Economia da China terá recuperação sustentada, diz relatório

28/06/2020


Brasil 247

O Fórum de Macroeconomia da China (CMF) publicou um relatório com a previsão de que a economia crescerá 2,5%, 6,5% e 7,5% em termos anuais, no segundo, terceiro e quarto trimestre de 2020, respectivamente.

Ao concluir a fase inicial de recuperação econômica através da retomada de produção e restauração do lado da oferta da economia, a China está entrando na próxima fase de buscar expansão da demanda e lubrificar os fluxos circulares da economia, afirmou o relatório do CMF, informa a Xinhua.

Como um dos primeiros países a conter a epidemia e reiniciar a economia, a recuperação e a consolidação de bases econômicas da China têm um significado norteador para a economia mundial, afirmou o relatório.

Para o ano de 2020, é provável que o crescimento anual do PIB da China atinja cerca de 3%, disse o CMF, citando o apoio de políticas governamentais e a nova rodada de reformas.

No entanto, o relatório alertou que, em vez de romper a cadeia de suprimentos, a demanda insuficiente se tornou o maior obstáculo que dificulta a recuperação econômica da China, exortando esforços para expandir totalmente a demanda doméstica e restaurar o ciclo regular do mercado.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.